40 DIAS COM O ESPÍRITO SANTO – DIA 21

Por

Dia 21- O Espírito Santo opera sobrenaturalmente

02 de maio de 2018 – Quarta-feira

UMA DAS MELHORES DESCRIÇÕES do Espírito Santo, no Antigo testamento, encontra-se nestas palavras: ‘“Não por faça nem por poder, mas pelo meu Espírito’, diz o Senhor dos Exércitos” (Ac 4.6-ARIBB). Essas palavras foram dirigidas a Zorobabel, governador de Judá. Foi dito a ele a maneira como a reconstrução do Templo seria realizada. “Força“, provavelmente, referia-se a uma força coletiva; “poder”, a uma força individual. Em outras palavras, a reconstrução do templo seria feita sobrenaturalmente – e não algo que possa ser explicado em nível natural. A reconstrução do Templo de Jerusalém seria um empreendimento sobrenatural. Uma vez que o Espírito Santo é envolvido, significa que as coisas passam do natural para o sobrenatural.

Isso não significa que nós não participemos. Envolvemo-nos, sim. Mas tudo o que temos para fazer é obedecer ao Senhor. Assim, o Espírito Santo entra e faz o restante. Por exemplo, Deus esperou Moisés levantar seu cajado quando os filhos de Israel chegaram ao Mar Vermelho, perseguidos pelo exército de Faraó. Issofoi tudo o que Moisés precisou fazer. Deus prometeu a ele: “O Senhor lutará por vocês; tão-somente acalmem-se […] Erga a sua vara e estenda a mão sobre o mar, e as águas se dividirão para os israelitas atravessem o mar em terra seca” (Êx 14.14-16-NVI). Assim, Moisés estendeu sua mão sobre o mar e, em toda aquela noite, o Senhor abriu o mar com um forte vento do leste e o transformou em terra seca. Os israelitas cruzaram por entre o mar em terra seca, com paredes de água do lado esquerdo e direito. A única coisa que Moisés fez foi levantar a sua vara e a sua mão. Essa foi a parte natural. O Espírito Santo fez a parte sobrenatural.

Em uma batalha entre Israel e os amalequitas, tão estranho quanto possa parecer, “enquanto Moisés mantinha as mãos erguidas, os israelitas venciam; quando, porém, as abaixava, os amalequitas venciam”. Quando Moisés se cansou, Arão e Ur seguraram suas mãos, “um de cada lado, de modo que as mãos permaneceram firmes até o pôr-do-sol”, e os amalequitas foram derrotados (Êx 17.11-13-NVI). Deus interveio sobrenaturalmente. Mas isso estava vinculado ou ligado ao fato de as mãos de Moisés estarem levantadas.

Esse padrão continuou após Israel entrar em Canaã. Algumas vezes Deus nos pede para fazer coisas estranhas que não fazem sentido para nós. Deus disse a Josué para fazer os filhos de Israel marcharem em volta da cidade de Jericó todos os dias, durante seis dias. E, no sétimo dia, tinham que marchar ao redor da cidade sete vezes, com os sacerdotes tocando as trombetas. Então, o povo deveria dar um fortíssimo grito, o que resultou no desmoronamento das muralhas de Jericó. Eles fizeram tal como foram ordenados. Eles podem ter se sentido estúpidos ao marcharem em volta da cidade, em silêncio e sem armas. Mas, no sétimo dia, após circularem a cidade sete vezes, os israelitas deram “FORTE GRITO”, e os muros ruíram (Js 6.1-20-NVI). Eles fizeram a parte fácil. O Senhor dos Exércitos fez o restante.

Depois Deus disse a Josué: “estende a lança que você tem na mão na direção de Ai, pois nas suas mãos entregarei a cidade” (Js 8.18-NVI). O resultado foi vitória total para Israel. O Espírito Santo fez isso. Mas Josué teve que segurar a lança e apontá-la em direção ao local de batalha. Séculos depois, o Rei Josafá foi desafiado pelos amonitas. O Espírito Santo veio sobre Jaaziel, que disse: “Assim diz o SENHOR: a batalha não é de vocês, mas de Deus” (2 Cr 20.14,15-NVI). Os Israelitas não fizeram nada além de cantar ao Senhor. “Quando começaram a cantar e a entoar louvores, o Senhor preparou emboscadas contra os homens de Amom, de Moabe e dos montes de Seir que estavam invadindo Judá, e eles foram derrotados”(v.22). A vitória foi completamente sobrenatural, não obstante estar inseparavelmente conectada ao fato de cantarem ao Senhor.

Retornando ao início (Zc.4.6), isso é exatamente o que a palavra do profeta a Zorobabel quer dizer. O povo ainda precisava conseguir os materiais para o templo. Eles tiveram que reconstruir os alicerces e colocar as pedras. Mas tudo isso aconteceu com facilidade. E essa é a essência da unção do Espírito Santo: possibilitar que o dom de alguém funcione com facilidade. (Assim, esta porção bíblica revela que todo aquele resultado acima do normal era obra do Espírito Santo).

John Wesley disse que Deus não faz nada a não ser em resposta à oração. Não estou seguro que seja exatamente assim; mas, o fato é que o Senhor realmente diz: “reconheça o Senhor em todos os seus caminhos e ele endireitará as sua veredas”(Pv 3.6-NVI). Esse versículo é precedido por uma verdade crucial que deveríamos recordar todos os dias de nossa vida: “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento” (v.5). Nosso entendimento ou inteligência podem surgir que os caminhos de Deus não fazem sentido. E Ele responde: “Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos […] Assim como os céus são mais altos do que a Terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos” (Is 55.8,9-NVI).

Nós fazemos nossa parte- força e poder, operando no nível natural. Deus faz a parte Dele – pelo Espírito Santo, fazendo o sobrenatural. Quão tolos nós somos de discutirmos Seus caminhos.

Para ampliar seu estudo e crescimento: Êxodo 14.13-31; 2 Crônicas 20.5-23; João 6.63; 2 Coríntios 9.6-11.

Bondoso Espírito Santo, obrigado por ser exatamente como és. Por favor, perdoa-me por duvidar de Tua Santa Palavra e do Teu infinito poder. Em Tua misericórdia, concedas a mim graça para ajudar, não confiando no meu próprio entendimento, mas confiando inteiramente em Ti. Em nome de Jesus, amém.

(Texto Extraído do Livro “40 Dias com o Espírito Santo – Andando Diariamente com o Espírito Santo- Uma jornada para experimentar Sua presença de uma maneira fresca e nova” – R. T. KEDALL)

 

share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *