40 DIAS COM O ESPÍRITO SANTO – DIA 30

Por

Dia 30 – O Espírito Santo predirá o futuro.

11 de maio de 2018; Sexta-Feira

O Espírito Santo não é apenas onipresente, mas também onisciente. Isso significa que Ele não pode aprender. Mas não sinta pena dEle. Isso ocorre porque Ele já sabe e conhece todas as coisas, incluindo o conhecimento do FUTURO. O “teísmo aberto” (um ensino mortal) diz que Deus não conhece o futuro, mas aprende de nós e precisa de nossos conselhos para o que irá fazer em seguida.

“E lhes anunciará o que está por vir” disse Jesus (Jo 16:13). Deus conhecer o futuro é a base da profecia. […] todas as profecias dele – Moises a Elias e de Samuel a Malaquias – foram geradas pelo Espírito Santo.

[…] Isaías foi escrito de tal maneira que as pessoas ficam espantadas com o fato de que, como judeus de hoje poderiam ler esse capitulo e não verem como Jesus e Sua morte foram perfeitamente preditos e cumpridos. Faço conhecido o fim, desde tempos remotos, o que ainda virá. Digo “Eu anuncio o fim desde o princípio, desde a antiguidade as coisas que ainda não sucedem. Eu digo: o meu proposito subsistirá, e farei toda minha vontade. (Is 46.10)

Foi assim que Ágabo soube que uma grande fome viria (At 11.28). Foi assim que Paulo soube que o navio em que estava iria naufragar (At 27.23-26). Deus também conhece o presente perfeitamente. Foi assim que o Espírito  Santo pode comunicar a Ananias que o conhecido Saulo de Tarso havia acabado de ser convertido (At 9. 10-16).

Nunca Esqueça: Deus conhece o fim desde o início. Ele conhece o futuro tão perfeitamente quanto conhece o passado.

Uma das grandes “provas de Deus”, a Sua existência (se é que alguém delas necessita) e evidências para a infalibilidade da Bíblia são as profecias sendo cumpridas literalmente. Não poderia haver profecias se Deus não conhece o futuro perfeitamente. Alguém somente pode recebera dar uma verdadeira palavra profética, sendo conduzido, guiado de uma maneira especial pelo Espírito Santo, pois somente o Espirito Santo conhece o passado, o presente e o futuro perfeitamente.

Algumas pessoas perguntam: Como pôde o profeta Natã, de imediato, declarar que os pecados de Davi, de adultério e assassinato, haviam sido perdoados se Lei não permitia isso? “O Senhor perdoou o seu pecado”, disse Natã (2 Sm 12.13). A palavra de Natã foi, a princípio, contra a Lei Mosaica, que exigia a morte por apedrejamento, para os pecados de adultérios ou assassinatos. Davi havia cometido os dois. E, ainda assim, de acordo com Natã foi levado no Espírito Santo, e VIU profeticamente que a morte de Jesus Cristo remove todo pecado – incluindo o pecado cometido de forma intencional.   A Lei não tinha previsão para o pecado intencional. Natã, por meio do Espirito Santo, trouxe essa verdade do futuro e aplicou a Davi. Essa, é de fato, a maneira como qualquer um no Antigo Testamento foi salvo.

Se alguém prediz verdadeiramente o que está por vir, é apenas porque o Espirito Santo antecipa o futuro trazendo o presente, para que possa ser visto antecipadamente.

Em todo o caso, o Espirito Santo pode mostrar o que está por vir” quando Ele quiser fazê-lo.

Para ampliar seu estudo e crescimento: Dt 18.15 e Atos 3.22; Isaias 53.7 e Lucas 23.9; Miqueias 5.2 e Mateus 2.5; Zacarias 9.9 e Mateus 21.4,5

 

 (Texto Extraído do Livro “40 Dias com o Espírito Santo – Andando Diariamente com o Espírito Santo- Uma jornada para experimentar Sua presença de uma maneira fresca e nova” – R. T. KEDALL)

share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *