Despertados Pela Cruz

Despertados Pela Cruz
Por

EBD | DOMINGO, 12 DE SETEMBRO DE 2021

A Viva Esperança em Cristo

Texto Base – IIPedro 1:12 a 15

Despertados Pela Cruz

Texto Base – IIPedro 1:12 a 15

“Por esta razão, sempre estarei pronto para trazer-vos lembranças acerca destas coisas, embora estejais certos da verdade já presente convosco e nela confirmados – Também considero justo, enquanto estou neste tabernáculo, despertar-vos com essas lembranças”

(IIPedro1:12e13).

A vida em Cristo é uma vida plena; esta é a mensagem principal do texto que estaremos estudando hoje em nossa lição. É muito interessante perceber como o apóstolo Pedro trata deste tema. Ele não reexplica a ideia, pelo contrário, ele simplesmente reconhece que a Igreja conhece a verdade da cruz e já está nela confirmada.

Então podemos entender que Pedro aqui está trazendo para a Igreja uma exortação unida a uma palavra de esperança. Neste estudo pensaremos no quanto a mensagem da cruz mudou a nossa história e no quanto devem dar as nossas vidas continuamente. Vamos juntos entender.

“Também considero justo, enquanto estou neste tabernáculo, despertar-vos com essas lembranças”. Pedro bem sabia que seu tempo nesta terra estava por se findar.

Podemos concluir isto a luz do verso seguinte; “Certo de que estou prestes a deixar o meu tabernáculo, como efetivamente nosso Senhor Jesus Cristo revelou” (V.14). É interessante perceber que esta certeza não abala a Pedro e nem tão pouco tira dele a responsabilidade quanto ao seu ministério.

Vale aqui uma reflexão; quantas vezes nos deixamos desanimar em nossos ministérios por questões tão menores? Voltando ao assunto principal, a lembrança da cruz precisa trazer renovo a nossas vidas. Para isso precisamos entender exatamente o que ele significa.

Sabemos que “A mensagem da cruz é loucura para o homem sem salvação, mas para nós é poder de Deus” (I Coríntios 1:18). Esta mensagem não é compreensível intelectualmente aos não crentes, somente os servos de Deus podem conhecê-la.

Contudo o mundo pode ser impactado por esta mensagem de maneira que se abra para ser transformado por ela. O conhecimento da mensagem da cruz só é possível então através de um relacionamento com o Senhor.

Todos nós estávamos impedidos de ter relacionamento com o Criador devido aos nossos pecados, mas em Cristo fomos reconciliados com Deus. Esta é em resumo a mensagem da Cruz. Entendido isto, precisamos perceber a responsabilidade que recai sobre os servos de Deus no que tange a pregação da boa nova de salvação. Por isso Pedro usa o termo; despertados, no verso de número treze.

Ele quer nos mostrar que devido ao poder da mensagem da cruz, que mudou nossa história, precisamos ter nossas vidas diariamente transformadas em santidade. Por despertados o apóstolo quer nos dizer, avivados em nossa prática de fé de maneira que pelo nosso viver testemunhemos da mensagem da cruz.

Nesta terra somos por demais distraídos por nossos afazeres relativos à vida aqui. Temos cada vez mais responsabilidades e menos tempo para todas as coisas. Às vezes chega a parecer que às 24 horas do dia não são
suficientes para darmos conta de todas as coisas, de todos os nossos compromissos. Junto com isso vem à cobrança cada vez maior da sociedade exigindo de nós cada vez mais respostas rápidas e eficientes.

O fato é que; se não conseguimos fazer da coisa mais a mais importante, teremos dificuldades em experimentar este despertamento das lembranças da mensagem da cruz que nos marcou e ternamente. Pensar em nossos primeiros passos na fé, onde o primeiro amor não só enchia as nossas vidas, mas transbordava de nós, é um excelente exemplo do que Pedro está querendo fazer conosco.

Precisamos deixar aflorar em nós aquele amor que nos fazia querer ganhar o mundo para Cristo e ainda, se pudéssemos viver dentro da Igreja adorando a Deus com os nossos irmãos de fé. O mais interessante é que Pedro por saber desta necessidade na vida da Igreja que já começa a alçar o amadurecimento faz questão de frisar que esta
é uma necessidade continua.

Por isso ele diz que mesmo depois da sua partida deste mundo, ainda, através do seu testemunho e dos seus escritos, continuará despertando na Igreja esta lembrança. “Mas, de minha parte, esforçar-me-ei diligentemente, por fazer que, a todo tempo, mesmo depois da minha partida, conserveis lembrança de tudo”(V.15). Queridos, temos nos lembrado da mensagem da cruz e do quanto ela significa em nossas vidas? Precisamos ter esta resposta.

“Trazer-vos lembranças acerca destas coisas, embora estejais certos da verdade já presente convosco e nele confirmados” (V. 12b). Pedro não só deseja exortar a Igreja a vivenciar sempre em sua vida a lembrança da Cruz, ele deseja também gerar na Igreja a firme esperança da ação desta mensagem em sua vida. A mensagem da cruz já está presente na Igreja.

A Igreja já está para o Senhor, confirmada nesta verdade. Não somos salvos pelas obras, mas sim pela fé na mensagem da cruz. Quando fomos salvos por Jesus nossas vidas foram seladas pelo Seu Espírito Santo para o dia da salvação e nada nem ninguém pode nos arrebatar das mãos do nosso Senhor.

Então o porquê de tanta necessidade de uma vida coerente com a mensagem? Por dois motivos no mínimo; por amor a Deus e por amor ao próximo. Se não há em nós este amor possivelmente estamos tão envolvidos com a vida que não conseguimos pensar nas coisas que são do alto ou a mensagem da cruz ainda não nos transformou. É justamente o pensamento na primeira opção que leva Pedro a trazer a lembrança acerca da obra do Senhor em nossas vidas.

Somente aqueles que experimentaram a novidade de vida em Cristo terão do que lembrar. Nossas vidas Foram compradas por um alto em bom preço, somos propriedade do Senhor. Isto deve nos motivar a expressar sempre nossa gratidão em forma de obediência ao nosso Senhor. Que Ele mesmo para tanto nos abençoe. Amém.

Pr Benedito Jr.

Veja o boletim atual com as informações da igreja!

share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *