DANÇA E VIDA

SAIBA MAIS SOBRE NOSSO MINISTÉRIO DE DANÇA E VIDA


MINISTÉRIO DE DANÇA E VIDA

Sobre o Ministério

“Suba a minha oração perante a tua face como incenso, e as minhas mãos levantadas sejam como sacrifício da tarde” (Salmos 141:2); Louvem o seu nome com danças; cantem-lhe o seu louvor com tamborim e harpa. Porque o SENHOR se agrada do seu povo; ornará os mansos com a salvação. Exultem os santos na glória; alegrem-se nas suas camas.” (Salmos 149:3-5). Estas talvez sejam as referências bíblicas mais claras, que colocam a dança no contexto de louvor. Há alguns anos seria inconcebível a manifestação do louvor e da adoração em forma de dança durante um culto cristão. Entretanto, aos poucos a religiosidade e a cristalização da fé vêm dando lugar à santidade de Deus em cada um de nós, a liberdade e a alegria em sua presença. Nesses últimos tempos, temos testemunhado o Espírito Santo despertando a Igreja para um encontro total com Deus, gerando em todos os lugares o desejo profundo de experimentar a intimidade com o Pai. É muito importante salientar que a dança no louvor e na adoração não é uma prática corporal por si mesma, muito menos uma exibição artística como complemento ou como enfeite na liturgia. A dança, no contexto espiritual, é parte integrante do louvor como um todo. Nela, a essência de total entrega do adorador se manifesta por uma espontaneidade responsiva, levando toda congregação para momentos de júbilo, de edificação, de libertação e de restauração na presença do Senhor. Louvemos a Deus com danças por causa da Sua santidade, da criação e da redenção do ser humano. Nesse sentido, esse ato do louvor implica na mais íntima comunhão com Ele. A dança em adoração expressa e completa o desfrutar a Presença de Deus, do Seu relacionamento conosco numa celebração a Ele e com Ele. O ministro de louvor atuante na música, no canto ou na dança, precisa ter a atitude de entrega total, irrestrita, na sua relação de intimidade, de comunhão com o Pai. Isso é possível a partir da humildade na adoração sincera, espiritualmente viva e fisicamente expressa. O adorador deve se despir de toda vontade própria para morrer com Cristo para o mundo e ressuscitar com ele para uma nova vida, para servi-lo em espírito, com sacrifícios agradáveis a Ele: “O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás ó Deus” (Salmos 51:17).

Em resumo, o verdadeiro sentido da dança está em dançar por Ele e para Ele, o Redentor das nossas almas, Jesus Cristo o Senhor. Que o Senhor te leve aos lugares altos em Deus através deste dom tão maravilhoso que é a dança!


Objetivos

  • Adoração;
  • Ganhar almas;
  • Transmitir a essência de Jesus manifesta em nosso ser;

Nosso corpo é consagrado ao Espírito Santo de Deus e dançamos com toda intimidade para Ele. Já o objetivo de Deus com a dança no Louvor é a edificação da Igreja de Cristo.

De novo te edificarei, e serás edificada ó virgem de Israel! Ainda serás adornada com os teus adufes, e sairás nas danças dos que se alegram.

Jeremias, 31:04
Líder do Ministério

Kaliny Nunes

Líder do Ministério de Dança e Vida


PRÓXIMOS EVENTOS